Fevereiro 16, 2018 Clinica Jardins 0Comment

Com a busca pela elevação da auto-estima, hoje em dia é muito comum ouvir falar sobre procedimentos faciais para a estética e prevenção do envelhecimento, mas como toda novidade, muitas dúvidas surgem. Vamos acabar com elas?

Muitos rumores são criados sobre o Microagulhamento Facial, mas agora você vai ter uma melhor compreensão sobre o que é, para que serve e como é feito.

Com o passar dos anos é inevitável que a pele sofra com os efeitos das acnes, flacidez, manchas e cicatrizes. E o Microagulhamento foi desenvolvido justamente para tratar dessas sequelas, rejuvenescendo a pele e diminuindo aquele aspecto flácido.

E como é feito?

O processo é realizado utilizando um roller, que é um pequeno aparelho com microagulhas que, em contato com a pele, estimula a produção de colágeno, diminuindo cicatrizes de acnes, flacidez, linhas de expressão e manchas.

Com um diagnóstico específico para cada paciente, o nível de hidratação e oleosidade da pele é determinante para, o tamanho das agulhas que serão aplicadas, uma vez que elas devem alcançar a derme mais profunda do rosto. Isso tudo para que o objetivo final seja alcançado: a proliferação celular, e o reparo e estímulo da reposição de colágeno pelos fibroblastos.

E olha que legal! Todo o processo é indolor. Isso porque antes de iniciar o tratamento com as microagulhas, a pele do paciente é anestesiada convencionalmente, ou com anestesia (sem agulhas – assista: https://www.youtube.com/watch?v=8JnkMGBrIZo&t=2s). E após o processo com o roller, são aplicados produtos específicos para a pele do paciente.

E quando vejo os meus resultados?

Os resultados do Microagulhamento são visíveis de 20 a 30 dias após a sua execução, e dependendo do tipo de pele, é interessante que mais de uma sessão seja feita.

Use o bom senso, sempre!

Não se esqueça de ficar atento ao uso de equipamentos registrados na Anvisa e de uso único (descartáveis), além de escolher um profissional habilitado que garanta a correta avaliação de indicações e contraindicações, evitando quaisquer complicações.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *